Cases e Notícias

Oficina da Sustentabilidade e Instituto Brasileiro de Estudos para a Transição representam Brasil em Bonn, Alemanha, na Conferencia para Transformação Global

Captura de Tela 2015-08-03 às 19.13.49

A diretora da Oficina da Sustentabilidade Monica Picavea foi convidada por Mathisas Wanner do Wuppertal Institute for Climate, Environment and Energy para desenvolver o workshop  Living Labs – uma ferramenta para transformação em campo. Juntamente com outros dois parceiros Ketleen De Flanders  da Universidade de Berlim, e Tom Henfrey pesquisador senior da The Shcumacher Institute & Transition Research Network Bristol, United Kingdom, foi desenvolvido o evento, que é parte da Bonn Conference for Global Transformation – Conferencia para Transformação Global de Bonn.

Este workshop, teve como objetivo mostrar essa tecnologia de laboratórios vivos, como uma nova forma de pesquisar e transformar o meio ao mesmo tempo. Qualquer grande transformação precisa de conceito e também de ação prática. Nenhuma projeto de transformação é uma garantia de sucesso, mas já existem muitos experimentos, que reúnem conhecimento, pesquisa e ação, e isto tem se tornado no mundo, um exemplo de sucesso.

Neste seminário, exemplos Brasileiros, como os do Instituto Brasileiro para a Transição, como o case da Brasilandia, e agora o inicio de um novo projeto em outra comunidade de baixíssima renda, que é a Comunidade Monte Azul em São Paulo, bem como o exemplo do Transition Bristol, e do Instituto de Estudos avançados de Potsdam. Nesta ocasião os participantes foram convidados a utilizar a metodologia de pesquisa e ação e com dois casos de estudo trabalhar possíveis soluções. A utilização de grupos multidisciplinares trouxe uma degustação, do que pode acontecer se a multidisciplinaridade, puder estar em projetos de reais, levando a universidade para trabalhos efetivos em busca de soluções em ação.

A idéia é usar casos parecidos, e evitar as soluções empacotadas, e fórmulas prontas, mas estudar cada caso, e adaptar tudo o que for possível para criar melhores possibilidades de sucesso.  Esta participação é parte de um convênio entre a Oficina da Sustentabilidade, Instituto Brasileiro de Estudos para a Transição e Wuppertal Institute e The Shcumacher Institute.