Cases e Notícias

Turismo Sustentável na Brasilândia

Aoka, empresa social de turismo sustentável, organizou uma jornada na Brasilândia com um grupo de estudantes da universidade de Illinois- Chicago-EUA. E a Oficina da Sustentabilidade acompanhou essa visita para explicar sobre o Movimento Transition Brasilândia.

O objetivo da visita à Brasilândia foi muito além do que mostrar uma periferia de São Paulo, na verdade o intuito foi mostrar as oportunidades de geração de renda e melhoria da qualidade de vida que podem ser desenvolvidas em comunidades de baixada renda quando existe sua mobilização.

O roteiro foi diverso e muito enriquecedor, iniciando com a horta comunitária da UBS do Jd. Guarani, hoje sob os cuidados de uma moradora do bairro, Dona Ernestina, a horta foi uma iniciativa do Programa de ambientes verdes saudáveis-PAVs e apoiado pelo Transition Brasilândia. O terreno que antes era usado como descarte de lixo, hoje deu lugar para uma horta agroecológica que complementa a alimentaçao de muitos moradores do bairro.
A visita continuou na sede da ONG Movimento Ousadia Popular no Jd. Damasceno. Lá todos ouviram com atenção a história de vida do S. Quintino e conheceu o trabalho de mobilização popular para proteção da natureza remanescente da Brasilândia. Uma de suas conquistas foi a implantação do Parque Linear do Córrego do Canivete, que também foi visitado pelo grupo.

Completando a jornada, o grupo conheceu as Brasilianas, grupo de mulheres que utiliza toldos e caixa de tetra pak para produzir bolsas, aventais e cases de computador. Trata-se de um negócio social de geração de renda. Alguns aproveitaram para adquirir os produtos de alta qualidade e ambientalmente correto.

Na hora do almoço, a proposta também foi apoiar iniciativas sociais do bairro, por isso o cardápio foi comandado pelo grupo Doce Talentos que esta inaugurando um padaria de qualidade na movimentada Av. Cantidio Sampaio. Tambem é um negócio social de geração de renda.

Em seguida, guiado por Dimas, o grupo conheceu o trabalho do coletivo dos jovens espanhóis Boamistura “luz nas vielas”, entrando nas vielas estreitas para conhecer as 5 palavras pintadas com o apoio da comunidade: AMOR, FIRMEZA, DOÇURA, ORGULHO e BELEZA.

Para finalizar o dia, a grupo conheceu o espaço de cuttura tradicional Sambaqui, onde teve o momento de perguntas e reflexões sobre o que foi visto durante o dia, e também o momento de descontração com as músicas e danças de cacuriá comandadas por Rosangela e Dimas, integrantes do Sambaqui.

Links importantes:

http://www.aoka.com.br/

http://cafedocestalentos.com.br/

http://grupobrasilianas.com.br/

http://www.boamistura.com/